quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Seasons of Love (Rent)




Fonte: everyrocks

COMPANY
Five hundred twenty-five thousand
Six hundred minutes
Five hundred twenty-five thousand
Moments so dear
Five hundred twenty-five thousand
Six hundred minutes
How do you measure
Measure a year?
In daylights - in sunsets
In midnights - in cups of coffee
In inches - in miles
In laughter - in strife

In - five hundred twenty-five thousand
Six hundred minutes
How do you measure
A year in the life?

How about love?
How about love?
How about love?
measure in love
Seasons of love
Seasons of love

SOLOIST #1
Five hundred twenty-five thousand
Six hundred minutes
Five hundred twenty-five thousand
Journeys to plan
Five hundred twenty-five thousand
Six hundred minutes
How do you measure the life
Of a woman or a man?

SOLOIST #2
In truths that she learned
Or in times that he cried
In bridges he burned
Or the way that she died

ALL
It's time now - to sing out
Tho' the story never ends
Let's celebrate
Remember a year
In the life of friends
Remember the love
Remember the love
Remember the love
Measure in love

SOLOIST #1
Measure
Measure your life in love
Seasons of love
Seasons of love



sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Frases de "365 dias" de Daisaku Ikeda


10 de outubro - "A única forma de atingir um objetivo é avançar passo a passo com perseverança. No transcorrer desse percurso pode acontecer de não surgir nenhum resultado perceptível. Contudo, quando o esforço acumulado atinge um certo nível, uma nova e promissora perspectiva de vida se abrirá repentinamente diante de seus olhos. Isso é comparável ao ato de escalar uma escarpada montanha: todo o maravilhoso panorama se torna visível ao atingir o topo após muito esforço. A questão é perseverar nos esforços até que os objetivos se tornem reais." (365 Dias, página 136)  


9 de outubro - "Os favores que recebemos de nossos pais são imensuráveis. Por isso, não causem tristezas e sofrimentos para eles. Uma pessoa adulta é aquela que consegue se esforçar para proporcionar alegria e felicidade aos pais. Esse esforço se reverte na vitória de si mesma." (365 Dias, página 135)  


Frases de Daisaku Ikeda, presidente da Soka Gakkai Internacional, meu mestre.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

"Nóis"


Em comemoração ao dia de hj....

quinta-feira, 12 de junho de 2008

EMÍLIA........


Ha!! Emília vestida de............... EMÍLIA!!
Este dia foi bem legal, aniversário da pequena Ana Luisa.

:D 

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Olhos Felinos de Veneza


Uma ilustração de Victoria Francès que eu tive o prazer de conhecer hoje. Não sei qual é, de fato, o título desse trabalho, mas de qualquer forma o considerei apaixonante.
 Cada vez me torno mais fã do talento dessa garota tão jovem e de tanto potencial :) http://www.victoriafrances.es/web.html
Para quem se interessar esse é o site oficial dela. Logo acima, para complementar, uma imagem de Angel Wings que a algum tempo vinha sendo procurada na comunidade "Victoria Francés [Oficial]" no orkut (http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=19806350).

Até a próxima ;) ...

sexta-feira, 11 de abril de 2008

schatten

ok........... acho q não tem nada a ver postar isso, mas eu achei realmente linda essa capa de revista (acho q é realmente uma revista..........). o estilo, a roupa da modelo, a maquiagem, a distribuição das palavras e a moldura, tudo muito harmonioso. nhammmmm gostei pacas!! não adianta, faz parte de mim. posso estar feliz o quanto for q esse estilo sombrio (diga-se de passagem) continua me apaixonado. por isso eu não concordo com generalisarem dizendo q é pra pessoas tristes e depressivas. fico muito mais feliz ouvindo tristania, after forever, nightwish, epica, etc. etc. do q ouvindo música sertaneja ou funk........... nada contra quem gosta, mas pra mim não rola de fato. isso me lembra tb minha paixão por luis royo e victoria francès. quem tiver oporunidade de colocar os nomes no google pode ter uma ótima noção do q eu estou falando. eu aconselho!!

Começando minha caminhada pelo cultivo de seres realmente humanos

HAAAAA!!!!! Tenho uma notícia legal: hj pela primeira vez na minha vida eu posso dizer q estou cansada mas satisfeita após um dia de trabalho.  
Não q eu nunca tenha feito nada de produtivo, mas é a primeira vez em um "trabalho remunerado". Não um voluntário, pq esse eu já exerso a uns quatro ou cinco anos. 
Foi tão bom chegar em casa no fim do dia e receber os parabéns da minha mãe com os olhinhos verdes dela brilhando, toda orgulhosa pq a pestinha dela trabalhou pela primeira vez e foi tudo direitinho.  
Isso sem contar os desejos de boa sorte pelo DD, minha (almocei na casa dela, nham nham nham comida de ..................) e meu pai. Esse último inclusive tem me ajudado de uma forma mto especial atualmente. Não q a ajuda dos outros não me seja importante, só pq eu sentia falta dessa ajuda do meu pai, de estar perto. Está sendo tudo mto bom. 
Sou professorinha agora!! rsrsrsrs Nada mais gratificante q um trocinho de 3 anos de idade, na hora da saída, mesmo sendo o primeiro dia de aula, virar pra gente e falar "EU TE AMO"!!! Me impressionei profundamente com esse fato. Vocês conseguem notar a pureza q uma criança tem ao dizer algo assim?? O q me deu mais orgulho foi sentir q eu consegui tocar o coração dela de alguma forma boa. 
Me sinto já realizada. 
Espero honrar cada vez mais a presença de cada uma dessas pessoinhas miúdas com quem passarei a conviver mais. ;) ........................... FELIZ ............................ ;)

 

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Quase sem querer.............

Tenho andado dis...traído Impaciente e inde...ciso E ainda estou confuso Só que agora é diferente Estou tão tranquilo E tão contente Quantas chances Desper...di...cei Quando o que eu mais queria Era provar pra todo o mundo Que eu não precisava Provar nada p'ra ninguém Me fiz em mil pedaços P'ra você juntar E queria sempre achar Explicação p'ro que eu sentia Como um anjo caído Fiz questão de esquecer Que mentir p'ra si mesmo É sempre a pior mentira Mas não sou mais Tão crian...ça a ponto de saber tudo Já não me preocupo Se eu não sei porquê Às vezes o que eu vejo Quase ninguém vê E eu sei que você sabe Quase sem querer Que eu vejo o mesmo que você Tão correto e tão bonito O infinito é realmente Um dos deuses mais lindos Sei que às vezes uso Palavras repetidas Mas quais são as palavras Que nunca são ditas? Me disseram que vo...cê Estava chorando E foi então que percebi Como lhe quero tanto Já não me preocupo Se eu não sei porquê Às vezes o que eu vejo Quase ninguém vê E eu sei que você sabe Quase sem querer Que eu quero o mesmo que você. ("Quase sem querer" - Renato Russo, Dado Villa Lobos e Negrete)
Felizmente para a minha vida, neste momento acabei de ler o livro "O Cavaleiro Preso na Armadura" (Robert Fisher). Ele me fez perceber novamente q eu não preciso ter tanto medo. Do futuro, das coisas, da falha. Q eu não preciso provar nada a ninguém, e q para eu amar aos outros, preciso me amar primeiro. Sem cobranças excessivas. Viver, eu preciso viver e não simplesmente executar as coisas e me encher de tarefas intermináveis pra suprir o enorme vazio por não estar seguindo e dando um mínimo de atenção para os meus sentimentos. Por mais q eu tenha chorado e tenha lido a última página do livro 25 vezes mais ou menos, me sinto feliz. Bem melhor do q eu tenho me sentido nos últimos quatro dias. Com um desejo estranho d presenciar o desconhecido. Quase sem querer, como diz a música, eu estou me reconhecendo nesse momento. Chega de rascunhos meticulosos, chega de perfeccionismo tão exagerado........ por q não dar espaço para o imprevisto?? E perceber q ele pode gerar algo mto mais interessante?? É tão bom não sentir medo. É realmente tão bom, e algo tão novo pra mim, q tenho vontade de chorar novamente. Só q, dessa vez, com um sorriso tranquilo no rosto!!
Me sinto grata por me sentir realmente viva novamente.
"Quase morri pelas lágrimas q deixei de chorar." "Ele sorriu através das lágrimas, sem perceber q uma nova e radiante luz emanava dele - uma luz muito mais brilhante e bonita do que sua armadura com o melhor dos polimentos: borbulhante como um riacho, brilhante como a lua, deslumbrante como o sol. Pois, de fato, o cavaleiro era o riacho. Ele era a lua. Ele era o sol. Ele podia ser todas as coisas de uma vez agora, e muito mais, porque ele era um com o universo. Ele era amor.
O começo."
(trechos de "O Cavaleiro preso na armadura" - Robert Fisher)

domingo, 30 de março de 2008

"Proposta Educacional: Algumas considerações sobre a educação do século XXI"

"É muito comum o paciente agarrar-se a religião na busca da recuperação da saúde. No momento da depressão o paciente isola-se e esforça-se para entender a si mesmo. Ele recolhe-se para pensar em seus valores e crenças. É uma depressão saudável porque a pessoa faz uma reflexão e um balanço da vida." (Franklin Santana Santos) Atualmente eu me encontro num isolamento desse gênero. E realmente tem sido mto bom para mim ter a oportunidade de fazer essa reflexão. Comecei a ler recentemente um livro chamado Proposta Educacional: Algumas considerações sobre a educação do século XXI do meu mestre Daisaku Ikeda. Esse livro curto em dimensão e extensão material (edição em tamanho de bolso com 96 págs), é riquíssimo em conteúdo. Desde o final do primeiro semestre da faculdade de artes plásticas q faço entrei num dilema interno silencioso sobre de que forma, por meio do meu trabalho em artístico e educacional (farei dupla habilitação), eu posso transmitir algo de maravilhoso para as pessoas? De que forma eu posso despertá-las para o potencial incrível q cada uma tem inerente em com a minha atuação? Não foi a toa q eu escolhi cursar artes plásticas. Tomei esta decisão porque acredito no poder q a arte tem de transformação. Acredito realmente que por meio dela as pessoas podem se descobrir e mudar para mto melhor suas vidas. Não quero fazer uma arte egoísta, que satisfaça apenas meu ego. Por mais q as vezes isso aconteça (em alguns dos meus trabalhos eu sinto isso), não é esse meu objetivo primordial. De qualquer forma citei o livro acima, porque sinto que ele me ajudará profundamente a encontrar esse caminho de atuação. Na realidade ele já está começando a me auxiliar na solução desse conflito interno.
Fico mto feliz por ter um mestre de vida. Principalmente uma pessoa de sabedoria tão vasta que, como eu, tem o grandioso desejo de fazer a diferença na vida das pessoas, de colaborar ativamente para q elas sejam realmente felizes. ;)

sexta-feira, 28 de março de 2008

Considerações Sobre a Relação de Mestre e Discípulo

"A humanidade vive em 'tempos sombrios'. Um angustiante mal-estar toma conta da civilização contemporânea em face dos equívocos da inconsistência dos modelos explicativos do ser humano e da natureza dominante no senso comum dos cientistas e dos leigos. As ideologias dominantes colocam no consumo e no prazer, e não em si próprio, a liberdade do homem. Na vida exterior e não no seu mundo íntimo. Os grandes mestres tanto do oriente como do ocidente, ensinam a procedermos em conformidade com o que dizemos, falarmos em conformidades com o pensamos e pensarmos em conformidade com o que somos. 'A distancia entre o fazer e o dizer, entre o dizer e o pensamento, entre o pensamento e o ser, é fonte de mal-estar e infelicidade para si mesmo e para o mundo' (Leloup, Jean Yves, 2003). São os sábios, os mestres, que conseguem reduzir tal distancia."
Luiz Vieira Marques

quarta-feira, 12 de março de 2008

Poema do meu mestre:

“Que soprem furiosos os ventos,
Que se elevem bravias as ondas!
Eu sou a Juventude!
O estandarte escarlate que tremula na tormenta!
Nada me intimida!
Nada me derruba!”
Daisaku Ikeda

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Aos que magoei.........

Olá olá........ Na realidade dessa vez eu só queria explicar algo. Queria pedir desculpas a todas as pessoas q eu deixei na mão nos últimos tempos (aquelas para quem eu ia fazer algo e não fiz........). Estou passando por um momento difícil mas que vai passar. Só espero q compreendam e não levem para o lado pessoal. Todas as pessoas com as quais eu me comprometi são pessoas que eu amo de alguma forma e q são importantes para mim, mas mesmo assim eu não pude cumprir com o combinado e acabei decepcionando (inclusive e geralmente a mim mesma também). Mil desculpas pelas ausências, pelos furos, e tudo o mais. Por algum tempo eu ainda estarei meio fora do ar (ordens médicas para pegar leve nas saídas de casa, nos compromissos, nas atividades, etc., pelo menos por um mês). Estou dodói rs........ Bom, eu não sou nem a primeira nem a última pessoa a ter depressão, na realidade é a doença do século como minha psicóloga me confirmou, e é a segunda vez q passo por isso, então sei q eu " conta do recado". Também não quero preocupar ninguém contando isso, só queria explicar mesmo. Tudo vai dar certo, só peço q aguardem e tenham paciência com minha ausência e meus eventuais vacilos. Obrigadinha, Emília

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Meu Ser Obscuro

De acordo com as manifestações do meu subconsciente Meu lado negro se manifesta........ Toda a escuridão que o brilho dos meus olhos busca ofuscar Tem seus momentos de liberdade e afeição Versatilidade Stress Angústia infundada (ou não) Fazem parte de um único corpo mental. Sagrado momento de buscar De pensar em caminhos Ou de desejar o nada.......... Todos os dez estados de vida Em guerrilha eterna por manifestação superior a seus companheiros Toda a imagem conturbada e distorcida Por um excessivo desmanche de lágrimas muitas vezes inútil Geralmente inútil, Mas ainda assim repetitivo............ Retirar das profundezas de si o que há de luminoso ou permitir a manifestação oposta?? Incentivos para o bem não me faltam, Covardia e irresponsabilidade para optar pela pior escolha também não. Ser rigorosa comigo mesma é o mínimo...... o mínimo que eu posso e devo fazer para não perder o amor próprio e me enterrar em uma caixa de sapatos sob a terra do meu próprio quintal. É impressionante quanta indignação é possível obter de si mesma com a sinceridade. Indignação pelo que foi feito ou pelo que deixou-se de fazer........... Principalmente a segunda opção. Pelo menos eu reconheço Que a possibilidade, dever, e boa sorte de mudar Está guardada a sete chaves Dentro do meu próprio coração E isso é sempre confortante..........

Manifestações da arte....

.  
















A arte emana dos poros 
É paixão de nascença  
Evanesce da alma 
Como se estivesse escrita 
Desde sempre 
Floresce e é incomparável 
É necessária 
É o ar dos que a sentem 
A compreendem 
A reconhecem 
Tudo que é olhado se manifesta 
Está vivo e em movimento 
As cores 
Os corpos 
Se misturam 
É visão e desejo 
Doçura e revolta 
É o que existe por traz da visão 
É o que te chama em pleno sono 
Grande força motivadora 
Este ser também é arte em minha vida 
Mescla minhas pretensões e esperanças 
É tudo o que eu serei, a meu modo 
É tudo o que aprenderei por herança 
Vê-lo é sentir-me bem 
Sua atuação me desperta e atrai 
Sua presença me faz feliz 
E seu olhar me cativa 
Me faz sentir algo que considero irreal 
Meu medo é que isso não seja, 
Por mais que eu queira, realidade 
O meu medo é a não reciprocidade 
É que ele não me aceite e queira 
Assim como eu a ele 

(escrito em 11/04/2005) 
.
 

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

PERFEIÇÃO


Fonte: emimusic

Vamos celebrar a estupidez humana  
A estupidez de todas as nações  
O meu país e sua corja de assassinos  
Covardes, estupradores e ladrões  
Vamos celebrar a estupidez do povo  
Nossa polícia e televisão  
Vamos celebrar nosso governo
E nosso Estado, que não é nação  
Celebrar a juventude sem escola
As crianças mortas  
Celebrar nossa desunião  
Vamos celebrar 
Eros e Thanatos  
Persephone e Hades  
Vamos celebrar nossa tristeza  
Vamos celebrar nossa vaidade.  
Vamos comemorar como idiotas  
A cada fevereiro e feriado  
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais  
Vamos celebrar nossa justiça  
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos  
O voto dos analfabetos  
Comemorar a água podre  
E todos os impostos  
Queimadas, mentiras e seqüestros  
Nosso castelo de cartas marcadas  
O trabalho escravo  
Nosso pequeno universo  
Toda hipocrisia e toda afetação  
Todo roubo e toda a indiferença  
Vamos celebrar epidemias:  
É a festa da torcida campeã  
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir  
Não se ter a quem amar  
Vamos alimentar o que é maldade  
Vamos machucar um coração  
Vamos celebrar nossa bandeira  
Nosso passado de absurdos gloriosos  
Tudo o que é gratuito e feio  
Tudo que é normal  
Vamos cantar juntos o Hino Nacional  
(A lágrima é verdadeira)  
Vamos celebrar nossa saudade  
E comemorar a nossa solidão.  
Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão  
Vamos festejar a violência  
E esquecer a nossa gente  
Que trabalhou honestamente a vida inteira  
E agora não tem mais direito a nada  
Vamos celebrar a aberração  
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação  
Vamos celebrar o horror  
De tudo isso - com festa, velório e caixão  
Está tudo morto e enterrado agora  
Já que também podemos celebrar  
A estupidez de quem cantou esta canção.  
Venha, meu coração está com pressa  
Quando a esperança está dispersa  
Só a verdade me liberta  
Chega de maldade e ilusão.  
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera - Nosso futuro recomeça:  
Venha, que o que vem é perfeição
 

Renato Russo

domingo, 20 de janeiro de 2008

Sonhos

Ainda q indefinivel aos olhos alheios, os sonhos devem ser criados buscados e sentidos para q se possa sobreviver.... Ou os sonhos ou a morte! A busca da vida feliz em prol de todos e não do egoismo de si...... Sonhar para todos viver para todos ser feliz juntamente. Esse é o objetivo, cultivar e ver florescer um sonho comum.