quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Fim de ano

.


.

Confraternizações de fim de ano são coisas muito legais!

E numa destas, 12/12/2010 - na Cidade ocidental com a família do David, eu tive a oportunidade de eternizar o momento de uma maneira bem especial pra mim (provavelmente abstrata pra quem for olhar :P rsrs): com o registro do meu descanso em meio a um momento de conflitos individuais e do acontecido em relação a minha vó.

Sabe aquele momento de simplicidade de apenas viver e se sentir bem? De ignorar temporariamente os conflitos e aproveitar o momento? Pois é. Eu, as minhas havaianas de sempre e a brisa nos cabelos húmidos de quem saiu da piscina a não muito tempo. Foi muito bom pra mim.


P.s: Fotografia sem nenhum tipo de edição posterior, exceto assinatura.

.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

"Dust" de Oliver Valsecchi - Zupi Magazine

.

"Passeando" pelo twitter vi a indicação deste post da Zupi sobre o trabalho Dust do fotógrafo Oliver Valsecchi.

Fiquei tão maravilhada que decidi transportar para cá a matéria deles:

 .

Corpos e poeira

A partir de elementos simples, como a nudez e o pó, o fotógrafo Olivier Valsecchi cria retratos fascinantes para compor a série Dust.
Segundo ele, “a série é um misto de nascimento e morte, no qual o tempo não existe ou é redefinido como um ciclo não-contínuo. É como se eu tivesse criado um casulo humano e aberto para ver o que havia dentro. Cada foto é uma representação do processo de metamorfose. A inspiração veio da definição de Caos criada por Ovídio (poeta romano), que o descreve como uma massa confusa (luz e escuridão, ordem e desordem, líquido e etéreo) que explode para dar luz aos elementos que contém”.

Nascido em Paris, o fotógrafo trabalhou 10 anos como autodidata, antes de procurar uma escola para  aprimorar aspectos técnicos e a prática.

+ Informações:
Site: Olivier Valsecchi






sábado, 11 de dezembro de 2010

O dinossauro mais fofo do mundo!

.


.

Esta vale a pena ver bem grandona! Basta clicar e ver o olhinho cintilante dele.

Não é nada de mais, mas a minha mãe comprou esse dino para o Matheus, meu sobrinho de pouco mais de 3 anos, e eu achei ele o bichinho de pelúcia mais simpático de todos os tempos. 
Não tem como olhar de frente pra ele e não abrir o sorriso. :D

Essa fotografia eu tirei para mostrar previamente o presente para a minha irmã Paty, mãe do baby.
P.s: Ele não é rosa e sim vinho, foi o flesh que o deixou assim. ^.^
.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ensaio para o Ateliê Madame Rouse Corsets

Bom, a vida continua.
E precisa seguir em frente.
A dona Luzia com certeza ia querer que não ficássemos tristes e que não desistíssemos. E pode deixar vovó, nós vamos seguir em frente e ser muito felizes.

Por isso, para seguir em frente, eu venho compartilhar de um projeto que eu fiquei extremamente feliz de participar: a mudança do site do Ateliê Madame Rouse Corsets.

Melhor do que falar coisas nesse momento acho que é mostra-las:


Por falar nisso, achei este cartaz lindo!

Campo da Esperança

.

Todo mundo vai embora.
E todos sabem disso.
Acho que estou começando a me acostumar com a idéia.

- 07.12.2010 -


Tchau vovó Luzia. Voe livre, e longe. 
Ganhe o universo, ele é todo seu e você é toda ele.

"Today I'm gonna fly, there's nothing that can
keep me on the ground, touch the sky,
I'm free inside!"

Te amo, Emília.

08.12.2010


Este pequeno texto em itálico foi uma cartinha que eu escrevi e foi enterrada junto a minha avó.
Não li durante o velório e decidi colocar caso alguém da família, principalmente, quisesse conhecer.

Ela foi velada no dia 08.12 e seu novo endereço é Quadra 302 - Bloco E - nº 312, Cemitério Campo da Esperança em Taguatinga-DF.

A parte em inglês é o trecho de uma música do Lacuna Coil que se chama I Like it
E, em tradução livre significa "Hoje eu vou voar / não há nada que consiga me manter no chão / tocar o céu / Eu estou livre por dentro!" Assim como minha vó agora está livre por dentro para voar aonde quiser.

Foi bem difícil vê-la no caixão. 
Não mais difícil do ver ele sendo fechado. Tive uma sensação de "precisar abandonar" muito forte nesse momento. E uma estranha sensação de conforto quando ela foi de fato  enterrada e a lápide foi posicionada, como se ela me dissesse "Acabou agora. Eu estou bem. O que você está vendo é só a minha lembrança. Vocês não precisam sofrer mais, devem seguir em frente".

Durante o velório, conversando com meu pai, eu descobri que, na verdade, ela morreu no dia 06 a tarde e não na madrugada do dia 07 como eu pensava. Apenas um problema de comunicação.
Mas sabe, ela se foi aos 79 anos. Viveu bastante, foi feliz, sofreu, e ajudou incondicionalmente muitas pessoas. Ela tinha defeitos e qualidades como qualquer pessoa, mas uma generoside que era ponto alto de sua figura e que sempre será lembrada. Eu quero me lembrar, sempre.

.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Até mais.

.

Tchau... Adeus... Até logo... Até mais... Não sei.

Por saudade exacerbada minha avó Luzia se acidentou, e por sofrer com o sentimento de falta de dignidade de não poder ir ao banheiro sozinha após as fraturas - entre outras causas, teve um ataque do coração. E se foi.

Eu não sei o que mais dizer agora.

Eu nunca sei.

Nós vamos sentir muito sua falta, viu?
Aonde quer que vc esteja neste momento, desejamos que você esteja bem, muito bem!

Apenas, nós vamos seguir te amando. E muito.

Até mais vovó.

.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fofura de natal

.


.

Desse eu gostei bastante também! O ar cinquentinha me lembra muito a Ana do Múltiplos Eus, acho que ela ficaria fofa com essa roupa.

Montei esse também para o concurso da Pasarela Calçados mas, por algum motivo que eu desconheço, não estou conseguindo inscrever ele. No regulamento diz que cada participante pode contribuir com quantos looks quiser mas não fala que é preciso inscrever todos de uma vez. Não entendo. :/

De qualquer forma ficou fofo e eu gostei bastante. :)

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Passarela rubra

.

.


Este look eu montei para participar de uma promoção da Passarela Calçados e foi a 1ª vez que eu usei fundo e frescurinha e realmente gostei do resultado.

Essas brincadeiras de montar looks tem sido muito úteis para aperfeiçoar minhas noções de composição porque eu sempre tive dificuldades em colocar fundo em tudo que eu faço (99% dos meus desenhos não os têm).  

E têm sido interessante participar de concursos pq neles eu tenho obrigação de lidar com um léxico específico, obedecer a um tema que não necessariamente eu me proporia a trabalhar por conta própria, e isso tb abre mais a capacidade de raciocínio imagético que ainda me falta.

A fotografia já vinha me ajudando bastante nisso, mas nela é bem mais simples pq os objetos já têm seu lugar no mundo, você só precisa decidir "de que maneira vai olhar para eles".

Bom, é isso!
.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Bear Hugs For Sale

Bear Hugs For Sale
Bear Hugs For Sale por Tarnelia Triptus usando juicy couture handbags
Para o concurso da marca de camisetas Mek em parceria com o Multiplos Eus (http://multiploseus.wordpress.com/2010/11/20/promocao-escolha-a-sua-camiseta-e-monte-seu-look/).

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Fofurices. :)

.


.

Mini cajus, mini tigre branco (obrigada Neko-chan, adoro ele!), jogo americano da minha infância e algumas coisas de gente grande para completar.
 ________________________

Foto feita na chácara do meu tio Antônio (maravilhosa pessoa) em 15/01/2007, pouco tempo depois de eu comprar minha câmera Kodak Easy Share C813 - que me acompanha até hoje e é a única que eu tenho.
.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Feliz aniversário Paty!

.
Fiz pra você! 
Não é nada de mais, mas é do fundo dos nossos corações:
.
Clica na imagem que ela fica grandona!
.
Espero que você tenha gostado, irmã querida!
E desejo tudo de melhor nesse mundo pra vc. Vc é nossa rimã Dinossauro e filha Dinossauro tb. ^.~
Beijos enormes em vc e no baby Matheuzinho querido!

=*

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Universidade de Brasília - UnB

.





.


.

.

.

Foografias que eu tirei do ICC (Instituto Central de Ciências) na UnB. 

Fotos de 2009.

:)
.

sábado, 9 de outubro de 2010

E a cigarra, como vai?

.


.


.

Estas são as fotografias que eu mencionei que mostraria nesse post aqui.

Gosto muito dessas duas também! 
Sinceramente eu acho que foi produtivo para mim o exercício em meio ao cinza.

E ai, encontraram a cigarra? ^.~

:D
.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Video Natura Una

.


 
.



Imagens: reprodução.
.

A verdade é que eu apenas vim declarar minha alegria ao presenciar o novo vídeo de campanha/divulgação da Natura, a Natura Una.
Ele é simplesmente lindo, e a escolha de tantas culturas trouxe um enriquecimento visual ao vídeo que é de dar gosto!

Além disso, eu gostaria de mencionar que está acontecendo um concurso bem legal para ganhar kits da coleção e um dia de beleza:
Concurso Natura Una
Como a maquiagem revela a melhor expressão de você mesma? 
Conte para a gente e concorra a um dia de make com Marcos Costa!
Para participar e ter mais informações acesse aqui. :)

.

Pelos detalhes

.

 .

.




.

Fotografias que fiz em frente ao prédio dos prestadores de serviço da Caixa Econômica Federal na W3 Norte (507).
O que eu sentia é que só enxergava concreto e propagandas por todos os lados. Por isso, fiz um exercício para enxergar a vida espalhada naquele local de aparência inóspita.
Encontrei. :)
.


Existe uma segunda parte desse exercício, que eu vou postar depois, com um lado ineiramente verde que quase ninguém enxerga quando passa por lá.

.


segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Cosmic Love - Florence + The Machine

.

.

Já tinha ouvido falar de Florence And The Machine mas nunca tinha escutado nenhuma música.
Até que, a poucos dias, procurando por Kate Nash, a imagem desse vídeo Cosmic Love me chamou - quase que pelo nome.
Algo me disse que eu precisava assistir o video e eu me rendi.
Adoro quando isso acontece e eu realmente encontro algo adorável.
Os livros que o digam! Eles se comunicam comigo de tempos em tempos me convidando a conhece-los.

Sinceramente gostei muito da música e do vídeo. Achei lindos e a vocalista tem uma voz muito boa.
Estava precisando ouvir algo assim, sinceramente.
A utilização da luz no clipe ficou tão envolvente que eu quase entro tela a dentro, no universo da música.
E as 'batidas de coração na lâmpada' naquele contexto visual, naquela iluminação e no clima de veladura de todo o clipe, me apaixonaram. Se tornou um efeito de tamanha sutileza que eu me emociono sempre que vejo. É algo que sinceramente me toca.

O site é um show a parte! Ficou bonito e vivo, respirando e se movendo de acordo com a própria vontade.
Ai embaixo tem dois prints do sitio oficial da banda. Aconselho bastante a visita.
.

.

.
Espero que esta descoberta possa ser tão interessante para mais alguém, quanto foi para mim.

.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Clare Nash Photography

 .
 
.



Lendo textos da Juliana Rangel no blog dela - . Momento Lala ., o qual eu tenho gostado muito e aconselho - ela mencionava a cantora Kate Nash e sua música Foundation.
  Não conhecia a cantora e fui procurar para entender o que a Juliana queria dizer.
Por fim, eu nem me identifiquei muito com a cantora mas, por meio dela conheci a Clare Nash (irmã da Kate, eu suponho) e no trabalho dela sim eu me prendi. 

Não vou fazer maiores explanações sobre, mas gostaria de compartilhar estas 3 fotografias porque realmente gostei delas e acretido que vale bastante o clique para conhecer o site oficial e o portfólio que ela pôs lá.

.


Definitivamente minha foto preferida, o registro de um olhar incrível!
.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

It's raining cars...

.



Imagem que eu fiz no Shopping Conjunto Nacional, aqui em Brasília, em abril de 2010.

:)
.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Névoa (Mist) - 1ª parte

Desenvolvi o ensaio chamado "Névoa" ("Mist", em inglês) durante uma disciplina chamada Desenho 3, no Instituto de Artes (IdA) da Universidade de Brasília (UnB).

Comecei desenhando com nanquim, pois a proposta era usar materiais sobre os quais não tinhamos domínio/costume e, seguindo a orientação do professor, fui desenvolvendo meu raciocínio e buscando minha linguagem. Optei por este mateial porque ele "não tem volta", não se apaga nanquim para acertar um desenho. E eu estava tão obsecada por corrigir meus trabalhos que eu estava travada, sem criatividade ou liberdade para desenhar.

Paralelamente, naquele período eu já estava lidando com fotografia e tinha me sentido muito bem, muito a vontade com a técnica. Então, no fim, acabei chegando à fotografia como realização do meu pensamento e expressão em desenho.

Fui elogiada e criticada na época por motivos diversos. Mas, o que me importa é que foi realmente um ótimo exercício, e me rendeu um novo olhar sobre o meu próprio trabalho.

Na loja Tarnelia's Dreams estão disponíveis 6 fotografias dessa série que é composta, na verdade, de 17.

Mas antes de mostrar os outros componentes desse trabalho, quero mostrar alguns desenhos que foram percurso para esse resultado:

 A Winter Poem
My Destiny
Burlesque 1
Burlesque 2
Burlesque 3

- Existem vários (muitos mesmo) outros desenhos. E alguns que eu gostaria muito de colocar para ilustrar o percurso, ainda não foram escaneados. -

Iniciei meus estudos unindo o desenho à música, pois esta colabora ativamente no meu processo criativo, e porque as palavras tem tido muita importância e muito efeito visual para mim. Quero que elas estejam presentes sempre que possível.

E nesse percurso descobri também o quanto a veladura, as transparências, são interessantes para mim. Completam e dão voz ao meu trabalho.

E tudo isso está em Névoa. E muito mais também está.

Pretendia falar mais sobre isso, mas acho que chegou a hora de mostrar e permitir conclusões externas. O diálogo aberto tem me mostrado várias faces interessantíssimas as quais eu não consigo chegar sozinha, apesar de desejar isso as vezes.


P.s: As imagens aumentam se clicadas.

.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Divulgando: Sorteio Lady Danynight + Little Traveling Shop


O blog Lady Danynight e a Little Traveling Shop estão sorteando um colar Meu Coração como o da foto abaixo:


Regras do sorteio:

1- Seguir o Lady Danynight;

2- Ir até o site da Little Travelling Shop e escolher o acessório que você mais gostou (Pulseira Sapatinhos da Dorothy, Colar Sapatinhos da Dorothy V, Colar Petit Cheval)!

3- Residir no Brasil;

4Divulgando no Twitter:
- Dar um Tweet citando o que esta sendo sorteado + o link desse post;
- Poderá preencher duas vezes;

5Divulgando no seu Blog:
- Colocar foto e link do sorteio ;
Poderá preencher 3 vezes;

6- Inscrições pelo formulário na página do sorteio.
.

Participem! A loja tem várias coisas muito fofas!

.

sábado, 14 de agosto de 2010

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Bachianas nº5 - Ária (Cantilena) e Dança (Martelo) de Villa-Lobos

 .

Ária (Cantilena)
(Letra de Ruth Valadares Corrêa)



Tarde uma nuvem rósea lenta e transparente.
Sobre o espaço, sonhadora e bela!
Surge no infinito a lua docemente,
Enfeitando a tarde, qual meiga donzela
Que se apresta e a linda sonhadoramente,
Em anseios d'alma para ficar bela
Grita ao céu e a terra toda a Natureza!
Cala a passarada aos seus tristes queixumes
E reflete o mar toda a Sua riqueza...
Suave a luz da lua desperta agora
A cruel saudade que ri e chora!
Tarde uma nuvem rósea lenta e transparente
Sobre o espaço, sonhadora e bela!

Fontes:  - Video: LinnieK9
- Letra:  Terra Letras

.

Dança (Martelo) - Allegretto
(Letra de Manoel Bandeira)

I Feel Immortal - Tarja Turunen


Whenever I wake up
I'm lost and always afraid
It's never the same place
I close my eyes to escape
The walls around me

And I drift away
Inside the silence
Overtakes the pain
In my dreams

I feel immortal
I am not scared
No, I am not scared
I feel immortal
When I am there
When I am there

Whenever I wake up
The shards of us cut within
Always the same day
Frozen all in the fringe
I surrender to the sleep
And leave the hurt behind me
There's no more death to fear
In my dreams

I feel immortal...

So far or right beside me
So close but they can't find me
Slowly, time forgets me
I'm lonely, only dreaming

I feel immortal...

I feel immortal
And I am not scared

.

* Tarja Turunen para o álbum What Lies Beneath (agosto 2010) *

.

No mínimo, maravilhoso.

.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Feliz dia da Tata!



Hoje é o dia da minha irmã Taíse! 
27 aninhos cheios de aventuras :D

E tudo que eu queria dizer irmã, é que eu te amo mtão
e desejo toda a felicidade do universo!

Tata e mamy.

Eu, a mãe e a Tata de cabelo mini ;)


E ai eu decidi juntar estas 3 imagens fofas que me fazem lembrar de você, com 3 mensagens direcionadas ao dia 02 de agosto:


"Um pensador disse que o homem se torna um simples animal ao esquecer ao esquecer sua mãe. Levante a abeça e estimule a si mesmo na vida recordando-se de sua mãe."
(D. Ikeda - 365 Dias, pg.101)



"Aqueles que estão armados de sua própria experiência pessoal, são fortes. Com fé na Lei Mística transformamos toda adversidade e sofrimento em boa sorte e benefício."
(D. Ikeda - calendário de mesa, dia 02)


"Oh! Brasíl!
És minha vida!
Teu levantar impávido
abriu o caminho glorioso
do Kossen-rufu mundial!

Viva, Brasil!
Meu amado Brasil!
Sublime nação do ser humano!"
(D. Ikeda - calendário Brasil Seja Monarca do Mundo, dia 02)


Tem várias outras coisas que eu gostaria de dizer, mas como a gente nunca lembra de tudo de uma vez, deixa só assim mesmo.
Essa última "bonequinha" eu customizei pra vc, imaginei vc indo ao trabalho com essa roupa ^.^
Amo vc e espero que vc esteja realmente bem.

.

domingo, 25 de julho de 2010

Pin up da Ruiva!

 .


.

Seguindo a dica de link da Tamy do Look Melissa, eu fiz uma versão minha pin up!

Se eu fosse pin up eu seria assim! *-*
E claro-evidente-e-óbvio que estaria com meias e cinta-liga. né? senão não seria eu! rsrs 
E reparem nos meus brincos de aço de sempre ;) rsrs

Eu sei que é o tipo de diversão mais a toa que se pode na internet, mas a esse eu não resisti...

Se mais alguém quiser ser feliz: Dolldivine

.
 
Update: 30 de julho, 2010



Segunda versão só para ser um pouquinho mais feliz ainda! :)

.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Novo telefone fixo

Olá a todos!

Finalmente conseguimos instalar novos telefone fixo e internet aqui em casa.

Estivemos incomunicáveis por mais de três semanas, mas agora as coisas serão melhores.

Nosso novo número fixo é (61) 3042-8522.

Obrigada pela paciência de todos e até logo!

______________________________________________

Hello everyone!
 
We finally managed to install new telephone and internet at home.

We've been incommunicado for over three weeks, but now things will be better.

Our new number is (+55 - 61) 3042-8522.

Thank you for all patience and bye bye!

.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Importante: ausência de telefone fixo e internet

Olá gente.

Notícia desagradável agora: estou sem telefone nem internet em minha casa.
Não sei quando vou conseguir organizar isto de novo, e quero pedir paciência a quem precisar se comunicar comigo, ou resolver coisas da loja.

Tive sérios problemas com a operadora NET, e antes dela com a Brasil Telecom.
Ontem cancelei com a NET e fui aderir à GVT (com a qual já tinha feito orçamento no início da semana), mas tive a desconfortavel notícia de que a segunda empresa não poderia me oferecer serviço de internet como tinha ofertado antes, o que não resolveria meus problemas.

Em Brasília não existem outras empresas dessa área, então acontecem abusos frequêntes aos consumidores. Falta de concorrência é fogo!

De qualquer maneira, se alguém tiver urgência de algum tipo em falar comigo liguem para (61)8573-6668, meu celular. Assim que eu conseguir colocar novos telefone e internet em casa eu aviso!

 ___________________________________________________________________


Hello everybody.
Grim news now: I'm no phone or internet in my house.

I don't know when I'll get to organize it again, and I ask for patience to those who need to communicate with me, or resolve things in store.

I had serious problems with the operator NET, and before that with Brazil Telecom.
Yesterday cleared with NET and I try to join the GVT (with which the budget had already done earlier in the week), but I had the uncomfortable news that the second company could not offer me internet service as it had offered earlier, which would not solve my problems.
In Brasilia there are no other companies in this area, so frequent abuses happen to consumers. Lack of competition is fire!
Anyway, if anyone has some sort of urgency in talking to me to call (61) 8573-6668, my cell phone. Once I start getting new telephone and internet at home I notice
 
.

sábado, 26 de junho de 2010

1ª Promoção da loja Tarnelia's Dreams! - FINALIZADA

Quer ganhar uma das minhas fotografias expostas na loja Tarnelia's Dreams?

Numa feliz parceria com o blog Fishing And Wishing, concorra a uma fotografia a sua escolha, em papel fotográfico fosco, tamanho 24 x 30 cm, com ou sem borda branca (de acordo com a preferência).

Para concorrer você precisa:

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Abrir de Asas

Nada precisa ter pé ou cabeça.
Desde que o reencontro seja sincero,
nada mais precisa ser levado em conta.

O toque sempre será gradável,
Essa é a alegria da escolha feita!

Enquanto vigente, enquanto lembrada e perfeita
dentro de suas maravilhosas imperfeições
seus maravilhosos 'seres' e não 'seres'
incrementados com tudo que o brilho do olhar permite!

Seja, e deseje, e faça
Tudo aquilo a que você sentir ter direito.
Seja, e deseje, e faça,
É seu.

E o que é meu,
Por mim será Levado,
Agradecido, Aproveitado ou
até Ignorado, se assim eu sentir que for preciso.

Porque eu abrirei minhas asas e flutuarei
Sempre, sempre que eu me permitir.
Somente eu defino, no fim.

_________________________________________

E,
Sempre que eu quiser 
Poetizar por ai,
Brindarei-me o ar da graça das palavras.
Porque estas me pertencem, mesmo pertencendo a todos os outros.

*

Minha loja virtual: Sonhos de Tarnélia!

Olá!

Chego nesta noite com uma novidade a muito esperada (por mim, pelo menos):
consegui montar minha loja online no Etsy! \o/




É um grande passo para uma artista que ainda tem tantos caminhos pela frente, como eu.

Ela se chama Sonhos de Tarnélia (Tarnelia's Dreams), e a estava pensando e organizando a algum tempo.

Lá eu vou vender fotografias, prints (e alguns originais) de desenhos, alguns cadernos artesanais (trabalho do qual gosto muito e vou fazer posts específicos depois), e qualquer outro trabalho que eu acredite interessar a alguém.

Convido todos a passarem lá para checar as novidades \o/
Já existem 6 intens a venda!


Visitem!

Futuras informações sobre os intens a venda, no Twitter!
E o link direto para ela sempre estará disponível alí a direita no "Minhas Coisas..."

;) 

terça-feira, 22 de junho de 2010

Irina Ionesco - Entrevista

O que eu posso dizer é que a fotografia certamente mudou minha maneira de enxergar tudo à minha volta. E lendo esta entrevista com uma profissional veterana e de trabalho muito interessante, eu posso ter certeza de que muita água ainda vai rolar em baixo da ponte do meu conhecimento.

Concordo com diversas coisas que ela fala e acho que, independente de vocês concordarem propriamente ou não, vale a imersão nesse universo tão grandioso do pensamento imagético.
Aproveitem!

Entrevista com a fotógrafa Irina Ionesco, via LookMelissa:

.
Eva, retratada pela mãe.

.
Polêmica fotógrafa fala sobre a diferença entre erotismo e pornografia


Confira entrevista com a francesa Irina Ionesco

Maria Júlia Lledó
 
Criada na Romênia, a francesa Irina Ionesco conta que começou a desenhar desde que um lápis caiu em suas mãos. Fato tão comum durante a infância, mas que transformou o olhar de menina. A partir daquele momento, “poderia capturar as imagens que me subjugavam”, conta.

A pintura, no entanto, foi apenas um pretexto para que a francesa comunicasse sensações, fantasias e desejos femininos pelas lentes da câmera fotográfica. Hoje, aos 75 anos, Irina é respeitada como a grande dama da fotografia erótica. Alvo de polêmica nos anos 1970, após registrar a filha Eva dos 4 aos 13 anos adornada por flores e em poses de ninfa, Irina depõe contra qualquer vulgarização do erotismo.

Em fotos em preto e branco, o cenário que explora é onírico. Uma ode à feminilidade. Tais atributos também inseriram o seu trabalho no universo da moda. Ela já fotografou para revistas europeias, norte-americanas e japonesas. Provida de um olhar sensual e maduro, Irina desvincula-se de padrões estéticos e não se limita à ditadura da beleza jovem.
 
- A sedução pode ir até os 80 anos – afirma.

Recentemente, assinou o editorial Cirque Sinistre da marca de sapatos Melissa na última edição da revista brasileira Plastic Dreams. Para divulgar a exposição Espelhos de luz e sombra, em cartaz na cidade, a fotógrafa deu a seguinte entrevista por e-mail. Nela, ela fala sobre sua relação com a fotografia, a moda e o erotismo.


Como sua história na fotografia começou?
Fiz teatro e dança, atividades a que me dediquei durante 10 anos, até os 28 anos. Quando fui dançarina, era o alvo dos olhares. Depois que sofri um acidente, que me impediu de continuar dançando, fiquei perdida. Não era mais nada, não via nada. Eu estava morta. Foi assim que comecei a querer desenhar, inscrever imagens e olhar os outros. Pintei por sete anos. Gostava, mas era um trabalho muito solitário e eu estava acostumada com a presença do público. A pintura não tolera a presença do outro, mesmo quando se trabalha com modelos. O modelo fica absolutamente mudo e parado durante horas. A comunicação não é possível, pois se se entabula uma conversa, a obra do pintor se esfacela. Essa espécie de religiosidade silenciosa me pesava muito, pois sou uma pessoa espontânea e, de certa forma, exibicionista. A fotografia foi consequência da pintura, que me ensinou tudo: a enquadrar, a olhar.

Por que o erotismo presente em suas fotografias causa tanta celeuma?
O erotismo é a vida. É, por exemplo, uma rosa que se abre. Não é a pornografia. Quando paramos de desejar, não há mais vida. Ele é algo de velado em relação à pornografia. Esta depende de uma exibição, que é muito mais consumível de maneira carnal do que simplesmente mostrada. A pornografia pode ser, por exemplo, uma penetração, coisas vulgares, filmes pornôs. Ela é uma forma de excesso, mas que não tem nada a ver com o erotismo. Um olhar pode ser erótico, bem como uma pontinha da orelha, uma voz, uma certa maneira de pousar a mão sobre a coxa, um perfume, um jeito de mexer o corpo ou fazer surgir o tornozelo. O erotismo é algo misterioso, sem relação com uma cópula, que pode ser vista numa tela de cinema. O amor é algo vivido, pessoal e secreto. Ninguém pode ter acesso à intimidade de uma pessoa. A pornografia faz parte de um comércio execrável. A diferença entre a pornografia e o erotismo é muito sutil, da ordem do inefável.

Por que as fotos da sua filha Eva ainda provocam tanta polêmica, mesmo diante da sua concepção do erotismo na fotografia?
Eva e eu sempre tivemos uma grande cumplicidade. Eu fotografava as mulheres e ela estava lá, por perto. Eva sempre teve o teatro no sangue e acabamos fazendo essas fotos juntas. Nunca expus nenhuma ideia à minha filha. Todas as crianças brincam dessa maneira. Qualquer menininha traz dentro de si toda a feminilidade do mundo. Não se deve pensar que as crianças são bobas ou que vivem num universo em que não percebem nada. Não é possível refazer o trabalho que fiz com Eva com outras garotinhas da mesma idade. Eva é minha filha e tirei essas fotos por amor. Não é por ser minha filha, mas Eva é um personagem que me subjugou. Além de fotógrafa, Eva é atriz, faz teatro, dirige vídeos. Somos uma família de artistas. Atualmente, ela está dirigindo um filme que conta a nossa história. Isabelle Huppert interpreta o meu papel. Continuo a tirar fotos dela, mas são de outro tipo. As fotos que fiz com Eva já entraram na história da arte e estão para além de qualquer juízo crítico.


Qual a relação do seu trabalho com a moda?
Os editoriais de moda que fiz vieram a partir da descoberta do meu trabalho, em que uso elementos da alta-costura, próprios do universo onírico. Fiz o meu primeiro ensaio para a revista francesa Rebel e, a partir daí, vieram os convites de publicações inglesas. As revistas norte-americanas vieram em seguida e acabaram atraindo as japonesas. Fiz para o Japão um lindo trabalho sobre Alice no país das maravilhas. É um ensaio que implica a travessia do espelho, distante da realidade banal e das fotografias convencionais e estereotipadas de moda. Foi a partir de um trabalho meu, publicado na revista inglesa Dazed and Confused, que um representante da Melissa brasileira veio me procurar para participar da revista que eles editam. Agora, começo a preparar um editorial de moda para o Lanvin.


A indústria da moda impõe padrões de beleza. Isso limita o seu trabalho?
Procuro sempre fazer algo atemporal. Para mim, a fotografia é poesia, uma escrita teatral em que eu fixo todas as minhas fantasias de forma obsessiva. Cada sessão de fotos me permite integrar a mulher em um universo de sonho, no qual ela mesma é mítica, múltipla. Adoro a feminilidade exacerbada, todos os elementos que fazem com que a mulher exista. Se a seda, o batom, as peles, o salto alto foram criados, não foi visando os homens. Toda a indústria de sedução baseia-se na mulher. Infelizmente, tudo é concebido para a mulher que tem até 30 anos. É por isso que fotografo mulheres que passaram dos 30 e são extremamente sedutoras. Não há limite para a sedução, que pode ir até os 80 anos. Tudo depende de quem se é, e do que se quer ser.


.