quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Patterns no Colourlovers.com

Lembram do Colourlovers.com? Decidi trazer algumas das coisas que eu fiz por lá para mostrar. Até agora não criei nenhum template, mas já colori vários (o que lá corresponde a criar patterns).
Nesse post vou mostrar os patterns que eu criei e mais gostei. Existem estilos quase infinitos de padrões para colorir mas eu tenho uma preferência pelos mais românticos e que não sejam tão poluídos visualmente.

Se quiserem conhecer todas as coisas que eu já fiz ou favoritei no site, podem visitar meu perfil

Série Ornate:

         

Alguns visualmente mais complexos:

    

      


Alguns visualmente mais clean:  

    

Série Making Cothes:

     

Fofinhos sobre culinária:

     

Lúdicos:

  

     


A título de informação:
Quando se está criando patterns ou palettes (cartelas de cores como as que eu já postei aqui), se você escolhe uma cor que nunca foi usada no editor, você está criando uma nova cor e deve nomeá-la. Quando mais alguém depois a escolher, vai aparecer referência à sua criação. Já criei algumas das quais gostei bastante, mas deixo para mostra-las em outro post. :)

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ópera Einstein on the Beach

Para os interessados por arte contenporânea, seja no âmbito musical, plástico ou da dança, esta é uma obra que me parece digna de ser vista. Einstein on the Beach é uma produção de Robert Wilson, composição de Philip Glass e execução original da  Lucinda Childs Dance Company.

Os vídeos a seguir (todos em inglês) fazem parte do documentário Eisntein on the Beach, The Changing Face of Opera produzido pela Brooklyn Academy of Music em 1984. Nele apresentam trechos da obra intercalados por depoimentos dos criadores sobre aspectos como a escolha do personagem principal, as idéias originais quanto à estrutura da peça, a repercussão na época da estréia entre outras coisas.  

Algo que eu gostaria de destacar é o momento da caracterização do personagem Einstein no vídeo do 1º seguimento. Acompanhar a transformação do ator/bailarino é algo que me trouxe uma aproximação empática bem maior em relação à obra. Como bailarina que já fui, eu sei o quanto a caracterização pode ser essencial na performance.

Philip Glass me foi apresentado em uma aula de arte contemporânea como um compositor minimalista e suas composições, inclusive nessa peça, tem ainda características disso. De maneira que para as pessoas menos acostumadas com o estilo pode ser muito irritante ouvir os primeiros minutos, mas eu sinceramente creio que vale a pena fazer uma forcinha e continuar assistindo!    



1º Segmento
video


2º Segmento
video


3º Segmento
video


Fonte dos 3 vídeos: opusnumberken 

terça-feira, 11 de outubro de 2011

I Smile - Kirk Franklin


video

.

"...It's so hard to look up when you look down,
Sure would hate to see it when you give up now,
You look so much better when you smile so smile!
(Now every day ain't gonna be perfect,
But it still doesn't mean today won't have purpose.
Come on!)"

.



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Currículo Visual no Prezi.com

O Prezi é uma plataforma de apresentação em zoom muito interessante. Tem a mesma função de um PowerPoint só que com maior dinamismo e online (existe a versão desktop também, mas é paga).  

Por solicitação da minha professora de ateliê 1 na UnB cada aluno deveria criar um Prezi com seus trabalho mais significativos (sejam eles acadêmicos ou não), e foi o que eu fiz nas duas apresentações abaixo. 

Percebi que ao longo desses últimos anos produzi bem mais do que tinha me dado conta e essa foi uma surpresa muito agradável. :) Por isso também a apresentação ficou grande e tive de dividir em duas. Quem quiser conhecer um apanhado dos meus trabalhos pegue um balde de pipoca, feche as abas abertas desnecessárias no navegador pra aliviar a internet e aperte o play!  



quinta-feira, 6 de outubro de 2011

xXmakeupisFUNXx


Olá! Nas minha navegâncias internéticas descobri uma outra moça com habilidade e estilo bastante interessante para maquiagem que me deu novamente muita vontade de mostrar aqui. No canal dela  (xXmakeupisFUNXx ), existe essa descrição: 

"Makeup Is Not To Make Us Look More Beautiful, It's To Enhance The Beauty That Already Exists Within Us"  - Yesenia 

Algo como "A maquiagem não é para nos fazer parecer mais bonitas, é para realçar a beleza que já existe dentro de nós". Eu concordo bastante com isso! E com a idéia de que não só de tendências de moda vivem as criaturas humanas. O ideal para mim e para ela é ser você e usar o que você realmente gosta em qualquer tempo. 

Eu tenho duas irmãs, e nós inventamos algumas definições: a Patrícia é a Irmã Clássica (muito elegante, rainha dos lápis marrons para os olhos que parecem já fazer parte do corpo dela); a Taíse é a Irmã Despojada (aquela que tem sempre um par de botas e bermuda jeans pronto para fugir para uma trilha com o maridão e que consegue fazer sombra vermelha ser super usável para o trabalho no escritório); e eu sou a Irmã Drag Queen (que tem o maior kit de maquiagens da família - com gliteres, cílios postiços e todas as firulas do gênero - e que quando se empolga sai feliz e contente por ai com maquiagens desenhadas). O fato é, somos felizes como somos e sempre trocamos idéias. Assumimos nossos gostos sem deixar de testar possibilidades, e cada uma dessas coisas nos faz marcantes.  

Mas agora, vamos às maquiagens! 


Gold Glitter & Purple Cut Crease Makeup Tutorial
video

Queen Of Darkness 
video

Valentine's Day Inspired
video


Como a irmã das maquiagens + over que sou, pretendo só postar aqui makes que eu ache incríveis e que nunca vi outras pessoas fazendo. Como aquelas coisas que definem o estilo de uma pessoa. Mas lembrem-se que essas meninas também fazem looks usáveis no dia-a-dia e que se vocês pararem para visitar os canais vocês vão poder encontrar isso e muito mais. 
.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Cadernos Artesanais - parte 1

A alguns anos atrás fui apresentada a um caderno artesanal e me apaixonei profundamente!
Por conta de uma apresentação de ballet não pude comparecer ao workshop em que ensinariam a produzi-lo, mas como conhecia pessoas que participariam passei as semanas seguintes parando cada um nos corredores do Instituto de Artes (na UnB) para me mostrarem o que sabiam fazer.

Pega uma informação daqui, uma dica dali, uma opção de método acolá... e no fim completei meu primeiro diário gráfico! Foi uma emoção, uma realização tão grande para mim que mal podia me conter.

Foi no período em que aprendi a fazer gravura (calco e linóleo) e estava também tão feliz com esse aprendizado que juntei os dois: um caderno com gravura na capa. :D

De lá para cá nunca parei de produzir e de me reapaixonar pelo processo. Aprendi outro tipo de costura, fiz testes diversos de materiais pra encapar e de maneiras de faze-lo, entre tantas outras descobertas.

A poucas semanas tive um prazer que ainda não conhecia: ensinar alguém passo a passo como fazer um e acompanhar o encantamento surgir em outros olhos! Criei meu próprio monstrinho! rs A Samantha agora é uma fissurada em cadernos também e eu fiquei muito feliz com isso. Soube, inclusive que ela já está até vendendo. :)

Então, sem mais delongas:








Depois vou fazer um post detalhando a produção (com fotos) do Book of Secrets e mostrando alguns dos trabalhos que fiz dentro dele. Ele ainda é meu caderno preferido por motivos diversos mas esta, é conversa para outro dia!

.