domingo, 30 de março de 2008

"Proposta Educacional: Algumas considerações sobre a educação do século XXI"

"É muito comum o paciente agarrar-se a religião na busca da recuperação da saúde. No momento da depressão o paciente isola-se e esforça-se para entender a si mesmo. Ele recolhe-se para pensar em seus valores e crenças. É uma depressão saudável porque a pessoa faz uma reflexão e um balanço da vida." (Franklin Santana Santos) Atualmente eu me encontro num isolamento desse gênero. E realmente tem sido mto bom para mim ter a oportunidade de fazer essa reflexão. Comecei a ler recentemente um livro chamado Proposta Educacional: Algumas considerações sobre a educação do século XXI do meu mestre Daisaku Ikeda. Esse livro curto em dimensão e extensão material (edição em tamanho de bolso com 96 págs), é riquíssimo em conteúdo. Desde o final do primeiro semestre da faculdade de artes plásticas q faço entrei num dilema interno silencioso sobre de que forma, por meio do meu trabalho em artístico e educacional (farei dupla habilitação), eu posso transmitir algo de maravilhoso para as pessoas? De que forma eu posso despertá-las para o potencial incrível q cada uma tem inerente em com a minha atuação? Não foi a toa q eu escolhi cursar artes plásticas. Tomei esta decisão porque acredito no poder q a arte tem de transformação. Acredito realmente que por meio dela as pessoas podem se descobrir e mudar para mto melhor suas vidas. Não quero fazer uma arte egoísta, que satisfaça apenas meu ego. Por mais q as vezes isso aconteça (em alguns dos meus trabalhos eu sinto isso), não é esse meu objetivo primordial. De qualquer forma citei o livro acima, porque sinto que ele me ajudará profundamente a encontrar esse caminho de atuação. Na realidade ele já está começando a me auxiliar na solução desse conflito interno.
Fico mto feliz por ter um mestre de vida. Principalmente uma pessoa de sabedoria tão vasta que, como eu, tem o grandioso desejo de fazer a diferença na vida das pessoas, de colaborar ativamente para q elas sejam realmente felizes. ;)

Um comentário:

Albus disse...

pra eu não me sentir tão idiota comentando algo que precinde de comentários, vou escrever algo do qual me lembrei ao ler a postagem, ok?

"O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino."

Ganhei isso em 2004 de um mestre muito importante em minha vida. Obrigada por me lembrar disso.

^^